Summer Soul Festival encanta o Rio de Janeiro.

00:26 Victor Collares 0 Comments

* Por Olivia Colares



Primeiro mês do ano e já tivemos grandes shows pelo Brasil. Ontem aconteceu o segundo dia do Summer Soul Festival. O evento que começou em São Paulo, trouxe nomes considerados como "Neo-Soul". Rox, Dionne Bromfield, Seu Jorge, Bruno Mars e Florence and The Machine (que talvez não pareça tão soul, mas que manda muito!).



Com esse line up, fãs da boa música puderam se reunir e aproveitar o tempo de férias com seus ídolos. Uma das novatas em terras brasileiras foi a inglesa Rox, que abriu o festival no Rio de Janeiro com sua voz forte e arriscou até uma nova interpretação para 'Only girl' da Rihanna. Logo depois veio uma boneca ao palco. Dionne Bromfield, afilhada de Amy Winehouse, subiu com toda sua doçura musical; trouxe músicas próprias, como 'Mamma Said' e também hits de Cee-lo Green, cantada na versão mais leve 'Forget You' além de 'Tears dry on their own' de sua madrinha. 


Na sequência, ela. Linda, ruiva e saltitante pelo palco.Florence and The Machine fez a alegia doa fãs da música alternativa. Com 'Between two lungs', 'You've got the love' entre outras, Florence mostrou todo o seu potencial vocal. A ruiva trouxe ainda músicas do novo álbum "Ceremonials". 'What water gave to me', música que ela cantou no desfile de verão da Chanel; 'Shake it out' e 'No light, no light' também apresentaram seu novo trabalho aos brasileiros que ainda não a conheciam. Mas nada foi tão empolgante como o hit de Florence Welch que certamente você já ouviu em alguma festa: 'Dog days are over'. Esta foi a música que mais causou pisões nos pés alheios e empurrões,mas que valeu muito a pena ouvir ali bem pertinho!

A parte nacional ficou por conta do músico mais malandro da atualidade. Seu Jorge trouxe seu último disco "Músicas para churrasco" ao festival, além das mais conhecidas como 'Carolina' e 'Burguesinha'. Todo contrastando com o cenário, ele chegou de terno azul (em São Paulo era vermelho) e fez todos os casais frequentadores da gafieira na Lapa dançarem.

And last, but not least (aliás, o motivo de muitas das pessoas estarem ali). Bruno Mars, o havaiano que comeu demais ontem e passou mal, segundo ele próprio. 'The lazy song' acompanhada de uma amostra de "ai se eu te pego", 'Marry you' acompanhada de inúmeros pedidos de casamento e 'Just the way you are' acompanhada de muitos suspiros das adolescentes presentes marcaram o show mais esperado do festival. Bruno Mars com seu jeito doce e levemente malandrinho, fez a alegria de muita gente, afinal, não é sempre que um show consegue manter pessoas acordadas até às 2 da matina.

0 comentários :

Tecnologia do Blogger.