Cariocas em Sampa: Conheça um pouco mais do incrível Bairro da Liberdade.

02:37 Victor Collares 0 Comments

Quem conhece o GDBoss aqui sabe o quanto eu sou apaixonado por São Paulo e o quanto a terra da garoa mora no meu coração, sua noite, seus pontos turísticos, as pessoas...mas se tem um local onde eu não abro mão de passar quando vou para lá, pelo menos comer alguma coisa o tomar um chá gelado do oriente, é o bairro da Liberdade! 

(Foto: Luiz Carlos Murauskas/ Site UOL)

O Bairro da Liberdade é um bairro da cidade de São Paulo, localizado parte no distrito da Liberdade e parte no distrito da Sé. É conhecido como o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, por concentrar a maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão. Tudo começou quando em 1912 os imigrantes japoneses começaram a residir na rua Conde de Sarzedas, ladeira íngreme, onde na parte baixa havia um riacho e uma área de várzea. E desde então, escolas tradicionais, armazéns, restaurantes dentre outros tipos de comércio foram surgindo e aos poucos se tornando pontos referencias no bairro. O legal da Liberdade é a amistosa e hospitaleira receptividade que o habitantes desse "tradicional bairro Japones" tem para com os visitantes. Sempre com alegria e um grande e verdadeiro sorriso, os visitantes se sentem em casa seja em um dos restaurante ou em algum armazém de produtos de decoração nipônico. 


As datas festivas do bairro são um atrativo a parte, como por exemplo o "Hanamatsuri", um festival de flores, realizado em conjunto com a Federação das Seitas Budistas. O desfile do grande elefante branco carregando o pequeno Buda acontece sempre aos sábados. O bairro também apresenta um campeonato ano de sumô, sim como vemos nos filmes tradicionais japoneses, a arena (dohyo) e as arquibancadas são montadas em plena Praça da Liberdade. 

Mas como estamos falando do de um povo cuja culinária é apreciada por 100% dos outros povos do mundo, não podemos deixar de falar da tipicidades gastronômicas da Liberdade. Para o amantes de Sushi, Sashimis e Yakiobas, os restaurantes Banri na Galvão Bueno e Nandemoyá na Américo de Campo são uma boa pedida. Aos fãs do bom e velho pastel a dica é o Patel Yoka na Rua dos Estudantes. 



Falando de um dos passeios turísticos que eu particularmente mais gosto que é ir a museu, o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, inaugurado em 18 junho de 1978, idealizado como a grande realização do 70º aniversário da imigração japonesa no Brasil foi criado para registrar e preservar tudo o que pudesse contar a vida dos imigrantes japoneses no Brasil. Hoje a área do local soma mais de 1.592 m² de área expositiva, dividida em 3 andares: 7º, 8º e 9º andares, localizados no Edifício Bunkyo, em pleno bairro da Liberdade.

De acordo com o site da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social  "Os dois primeiros andares foram construídos em 1978 e reúnem documentos e objetos que abrangem desde a assinatura do Tratado de Amizade Brasil/Japão (1895), a chegada dos primeiros imigrantes (1908), os núcleos coloniais (a partir de 1913), até a policultura. O 9º andar, inaugurado em novembro de 2000, enfoca os 50 anos pós-guerra. Nele estão retratadas as mudanças da comunidade nikkei, a vinda das empresas japonesas, bem como a contribuição dos nipo-brasileiros para a sociedade brasileira. Em outro andar (3º andar) estão localizados a biblioteca e o acervo, que somam mais de 5 mil objetos, 28 mil documentos escritos (entre diários, livros, jornais, revistas) e cerca de 10 mil fotos relacionadas aos imigrantes japoneses."




O Bairro da Liberdade é um pouco do maravilhoso país asiático chamado Japão, é um bairro que dá a oportunidade de conhecer uma nova cultura, um novo povo, um novo mundo, acho que todos que visitam a cidade de São Paulo precisam conhecer, vão adorar! 

Até mais GD's!!!




0 comentários :

Tecnologia do Blogger.